Separador Água/Óleo Inteligente – Processamento de Petróleo Mecânico

10 de abril de 2014 Categorias: Destaques, Petróleo Sem Respostas

Revolução no Mercado Petrolífero.

Nova tecnologia que separa Água/Óleo Mecanicamente: Unidade Processadora de Petróleo do Brasil – UPPB.

No dia 18/03/2014, nas instalações do SEBRAE/SE, foi realizado o lançamento do SEPARADOR DE ÁGUA/ÓLEO INTELIGENTE denominado de Unidade Processadora de Petróleo do Brasil (UPPB),  desenvolvida pela empresa TEXAS DO BRASIL OIL & GAS, uma tecnologia inovadora no mundo que processa o Petróleo mecanicamente.

Na oportunidade estiveram presentes a Sra. Ana Nunes gestora do SEBRAE, o Sr. Aladio Antônio de Sousa engenheiro da Petrobras, o Prof. Gabriel Francisco da Silva, responsável pelo Centro de Ciências Exatas e Tecnologia e Núcleo de Engenharia de Petróleo da Universidade Federal de Sergipe, Sra. Miriã Oliveira Bouças do ITP – Instituto de tecnologia e Pesquisa – UNIT – Universidade Tiradentes/SE, dentre outros.

No dia 28/03/2014, foi realizado um segundo teste da Unidade Processadora de Petróleo do Brasil (UPPB), através do mesmo processamento mecânico da amostra de petróleo (bruto) ficando comprovados os seguintes resultados:

Parâmetros          Unidade    Antes do Processamento (1)    Após o Processamento (2)   Após o Processamento (3)

BSW                           %                        28                                             1,6                                         1,6

°API                            #                       21,79                                       31,27                                       32,4

Salinidade                  mg/L               112.989,00                               119,60                                       210,00

Densidade do óleo     20 °C                0,9192                                 0,86491                                      N.A.

Obs.:

(1) Petróleo bruto (cedido por empresa exploradora de Petróleo).

(2) Petróleo processado pela UPPB. Análise realizada pelo ITP – Instituto de tecnologia e Pesquisa – UNIT – Universidade Tiradentes/SE.

(3) Petróleo processado pela UPPB.  Análise realizada pelo Pool-Lab – Itajaí/SC – www.poollab.com.br.

N.A.- Não analisado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar: